CAPIZALIZAÇÃO

A ideia surgiu na França, onde pessoas contribuíam regularmente para formar um fundo monetário. Depois de certo tempo, cada pessoa do grupo recebia todo o valor contribuído de uma única vez.

Com o tempo, esse modo de economizar dinheiro de forma programada, com prazos e taxas de juros previamente determinados, ganhou o mundo e ficou conhecido como títulos de capitalização.

Podem ser feitos depósitos mensais, periódicos ou um depósito único para o título que recebe correção monetária e pode dar direito a sorteios. Geralmente, esses sorteios são baseados no resultado da Loteria Federal e os prêmios variam conforme o plano escolhido. Ao final do plano, os valores pagos são devolvidos integralmente, corrigidos pela TR.

Planos de capitalização

  • Tradicional
  • No fim do prazo de vigência, o titular recebe, no mínimo, o valor total dos pagamentos feitos regularmente nas datas programadas

  • Compra programada
  • Ao adquirir essa opção, o titular escolhe entre bens ou serviços. No fim do prazo da capitalização, ele recebe, sem qualquer outro custo, o bem ou o serviço escolhido previamente. Se preferir, o titular pode receber o valor do resgate em moeda corrente nacional

  • Popular
  • Permite que o titular participe de sorteios. Os prêmios, geralmente, são atraentes e consomem uma parte do valor capitalizado. Ao final do período da capitalização, não há a devolução integral dos valores pagos. Para títulos com vigência de 12 meses, o resgate antecipado dos títulos de pagamento único corresponde, no mínimo, a 50% do valor pago

  • Incentivo
  • São vinculados a um evento promocional comercial. Nesse plano, uma empresa compra os títulos e os cede, total ou parcialmente, aos seus clientes consumidores do produto utilizado no evento promocional

Para saber mais