EMPRÉSTIMOS E FINANCIMENTOS

Se você acha que está pagando juros muito altos por uma dívida, agora pode buscar uma instituição financeira que ofereça condições melhores e concorde em assumir a sua dívida atual.

A Portabilidade do Crédito chegou para aumentar a competitividade entre as instituições financeiras, estimulando a redução dos juros. Conheça detalhes importantes da operação.


O que pode ser transferido

Crédito pessoal, crédito consignado, crédito imobiliário, financiamento de veículos, dívidas com cartão de crédito ou cheque especial e operações de arrendamento mercantil, após serem cumpridos os prazos mínimos legais. O valor e o prazo da nova operação não podem ser superiores ao saldo devedor e ao prazo de pagamento que ainda restam da operação original.


Como funciona

Peça à instituição financeira na qual contratou o crédito todos os detalhes como:

  • Número do contrato
  • Saldo devedor atualizado
  • Demonstrativo da evolução do saldo devedor
  • Modalidade
  • Taxa de juros anual, nominal e efetiva
  • Prazo total e remanescente
  • Sistema de pagamento
  • Valor de cada prestação, especificando o valor do principal e dos encargos
  • Data do último vencimento da operação

A instituição tem 1 dia para fornecer esses dados. Lembre-se de que as instituições são obrigadas a liberar o seu crédito para a portabilidade, mas nenhuma tem obrigação de receber o seu crédito. Isso depende de um acordo entre as partes. Ao receber o pedido de portabilidade, seu credor original pode fazer uma contraproposta e você decide se quer aceitá-la ou seguir com a operação. Uma vez fechado o negócio, a nova instituição irá quitar a sua dívida com o antigo credor e o seu saldo devedor vai pertencer à nova instituição.


Faça um bom negócio

Antes de escolher a portabilidade, esclareça todas as suas dúvidas. Pergunte à nova instituição sobre o valor do Custo Efetivo Total – CET – da operação que é a forma mais fácil de comparar os encargos e despesas cobrados. Verifique, também, todas as condições do novo contrato para que a transferência seja realmente vantajosa para você


Para saber mais

Portabilidade – Banco Central do Brasil