cadeado acessar sua conta
  • ?
  • .
Acesse sua conta pelo Aplicativo Bradesco Ok

CDB

Investir em CDB - Certificados de Depósito Bancário significa contribuir pra economia do país. O capital que você aplica nesses títulos é distribuído pelos bancos no financiamento de diversas operações de crédito, incluindo empréstimos, capital de giro, cheque especial e financiamento pra seus clientes.

O que é CDB?

Os CDBs são títulos de renda fixa emitidos pelos bancos, que os vendem aos investidores por um prazo definido, oferecendo uma remuneração em troca. Devido ao seu perfil conservador, esses investimentos são vistos como de baixo risco.

Tipos de CDB:

  • Pré-fixado: o rendimento é definido no momento da aplicação, o que permite que você saiba exatamente quanto vai receber no fim do prazo contratado. A taxa de juros não muda... Com liquidez diária, essa opção é recomendada pra investidores de perfil conservador

  • Pós-fixado: a rentabilidade é definida no momento do resgate do investimento e varia de acordo com o índice de referência escolhido.

Taxas e impostos

Não existem cobranças de taxas sobre os investimentos em CDBs. Acontecem apenas o IOF - Imposto sobre Operações Financeiras, que é decrescente pra aplicações de até 30 dias, e o Imposto de Renda sobre os rendimentos, cujas alíquotas variam entre 22,5% e 15%, de forma regressiva. Isso significa que quanto mais tempo o dinheiro permanecer investido, menor será a alíquota do IR sobre os ganhos.

A aplicação em CDB é garantida pelo Fundo Garantidor de Crédito - FGC?

Sim. Em situações de intervenção, liquidação ou falência da instituição emissora, o FGC assegura o ressarcimento de até R$ 1 milhão por CPF ou CNPJ, a cada quatro anos, limitado a R$ 250 mil por instituição financeira.

Qual o valor da alíquota de imposto de renda sobre os rendimentos em CDB?

A tributação sobre os rendimentos dos CDBs é progressiva e depende do período de investimento:

  • 22,5% para rendimentos obtidos em aplicações de até 180 dias.
  • 20% para rendimentos de aplicações de até 360 dias.
  • 17,5% para rendimentos de aplicações de até 720 dias.
  • 15% para rendimentos obtidos em aplicações que ultrapassam 720 dias.
  • Qual o prazo mínimo para aplicação e resgate em CDB?

    Geralmente, o período é de 30 dias. Mas esse período pode variar de acordo com a remuneração combinada com o banco. Pra aplicações com prazo menor que 30 dias, acontece a cobrança de IOF decrescente.

    Poupança

    Um jeito tradicional de proteger seu dinheiro

    Economizar é um passo fundamental do planejamento financeiro que permite juntar recursos pra aquisições importantes, criar um fundo de emergência e poupar para o futuro.

    A poupança, ou caderneta de poupança, é o tipo de investimento mais tradicional no país por sua baixa exposição ao risco e rentabilidade garantida, o que a torna uma opção segura.

    Pra abrir uma conta-poupança, basta ter uma pequena quantia inicial, além de apresentar CPF, documento de identificação e um comprovante de endereço.

    A poupança tem várias características atrativas:

    • Simplicidade na abertura, compreensão, investimento e monitoramento

    • Possibilidade de retirar o dinheiro a qualquer momento

    • Isenção de IOF - Imposto sobre Operações FinanceirasIOF e taxa de administração

    • Segurança proporcionada pelo Fundo Garantidor de Crédito - FGC, com cobertura de até R$ 1 milhão por CPF/CNPJ a cada quatro anos, limitada a R$ 250 mil por instituição.

    Rendimentos

    O rendimento da poupança é calculado com base na data em que a caderneta foi aberta:

    • Até 03/05/2012: Taxa Referencial - TR + 0,5% ao mês

    • Após 03/05/2012: calculado conforme a Selic

    • Selic maior que 8,5% ao ano: Taxa Referencial - TR + 0,5% ao mês
    • Selic igual ou menor que 8,5% ao ano: Taxa Referencial - TR + 70% da taxa Selic
    • Quanto menor a Selic, menores os juros do mercado e menor o rendimento. Por outro lado, sua aplicação continua protegida e crescendo de acordo com a economia do país. E o mais importante: os recursos que você tinha na poupança até 03/05/2012 continuarão a render TR + 0,5% ao mês, independentemente da taxa Selic. Assim, o extrato de sua poupança vai apresentar, separadamente, os saldos antigos (até 03/05/2012) e os novos depósitos (a partir de 04/05/2012)

    Resgates e data de aniversário da poupança

    Os rendimentos da poupança são calculados todo mês e sua data de aniversário corresponde ao dia em que o depósito foi feito. A rentabilidade é baseada no menor saldo durante esse período.

    Por exemplo, se você depositar no dia 10, os rendimentos serão calculados no dia 10 do próximo mês, e assim por diante. Se houver resgates antes dessa data de aniversário, os ganhos desse mês serão baseados no saldo que restar.

    Pra aumentar seus rendimentos, o ideal é sacar apenas na data de aniversário da poupança. Se essa data cair em um fim de semana ou feriado, opte pelo primeiro dia útil seguinte.

    Uma conta-poupança pode ter até 28 datas de aniversário, que correspondem aos dias do mês de fevereiro. Pra planejar e aumentar seus ganhos, confira no extrato bancário as datas de aniversário de seus investimentos.

    Tesouro Direto

    Invista e gerencie seus recursos em títulos públicos pela internet

    Os títulos públicos são uma opção de investimento ideal para quem valoriza segurança e estabilidade. Atualmente, é possível investir em títulos públicos de forma on-line pelo Tesouro Direto, uma iniciativa conjunta do Tesouro Nacional e da BM&FBovespa. Esse programa visa democratizar e facilitar o acesso ao investimento em títulos públicos de renda fixa para o investidor individual.

    Essa plataforma oferece um meio alternativo e acessível para conectar investidores pessoais ao mercado de títulos públicos.

    Características e vantagens:

    • Facilidade pra comprar, vender, consultar, agendar operações, resgatar e reinvestir

    • Liquidez garantida semanalmente, com recompra de títulos todas as quartas-feiras pra quem deseja vender

    • Segurança total, com garantia de 100% pelo Tesouro Nacional

    • Diversidade de prazos pra investimento, incluindo títulos com vencimentos de até 40 anos

    • Custos baixos, tanto de administração quanto de custódia

    • Imposto de Renda incidindo apenas no momento do resgate ou no vencimento do título

    • Pagamento dos recursos diretamente na conta do investidor após o vencimento

    • Excelente alternativa pra poupança de longo prazo

    Como investir?

    Pra começar a investir no Tesouro Direto, o caminho mais simples é entrar em contato com o banco ou a corretora onde você já é cliente, desde que tenha um cadastro atualizado e documentação válida.

    Caso ainda não seja cliente de nenhuma instituição financeira, escolha uma, faça o cadastro e forneça a documentação necessária. Ao se cadastrar, você receberá uma senha por e-mail. No seu primeiro acesso, use a senha enviada. Em seguida, você já poderá fazer operações no Tesouro Direto.

    Tipos de títulos e rendimentos

    Os títulos públicos negociáveis podem ser:

    • Pré-fixados - rentabilidade definida no momento da compra

      TN - rendimentos creditados no dia do vencimento

      NTN-F - rendimentos creditados a cada 6 meses

    • Pós-fixados - rentabilidade vinculada à taxa Selic ou à variação do IPCA

      LFT - rendimentos atrelados ao IPCA

      NTN-B - rendimentos atrelados à Selic

      NTN-B Principal - rendimentos atrelados à Selic

    O investidor não receberá os rendimentos se retirar o dinheiro antes do vencimento.

    Taxas

    A taxa de custódia é cobrada semestralmente ou no primeiro evento entre o pagamento de juros e o vencimento do título, correspondendo a 0,30% ao ano, calculada "pro-rata dia", ou seja, proporcional ao dia, sobre o saldo do investidor.

    Existem também outras taxas, que variam conforme os serviços acordados entre o agente de custódia e o investidor.

    Impostos sobre rendimentos

    Os títulos públicos negociáveis podem ser:

    • IOF - incide de forma decrescente sobre as aplicações com saques em prazos inferiores a 30 dias

    • IR - decrescente, proporcional ao prazo da aplicação:

    • Até 6 meses: 22,5%

    • De 6 meses e 1 dia a 1 ano: 20%

    • De 1 ano e 1 dia a 2 anos: 17,5%

    • Acima de 2 anos: 15%

    Ao decidir, considere o período que pretende manter o dinheiro investido, o tipo de rendimento desejado e se prefere receber os juros no vencimento do título ou de forma semestral.

    Quer saber mais sobre investimentos no Bradesco? Confira aqui.

    Quer aprender e investir em ações? Conheça a Ágora e o Ágora Academy

    Fale com aBIA

    Quer tirar dúvidas
    com a BIA?

    É só apontar a câmera do celular
    para o QR Code.

    QR Code BIA

    Cookies

    • São cookies necessários para que o site funcione adequadamente ou para fornecer o serviço solicitado pelo usuário. Desta forma, são cookies de personalização que permitem que o usuário se lembre de informações, como algumas características que podem diferenciar sua experiência da experiência de outros usuários, como o idioma ou o número de resultados a ser mostrado numa busca São considerados necessários e, portanto, não estão sujeitos a consentimento.
    • Esse tipo de cookies nos permite reconhecer e contabilizar o número de visitantes em nosso site e analisar como ele é navegado e utilizado Eles permitem a execução de perfis de navegação, mas não coletam informações pessoais Isso inclui Google Analytics um serviço de análise da web fornecido pelo Google, Inc Para mais informações sobre como o Google coleta e processa essas informações, acesse: policies google
    • Você pode consultar nossa política de cookies a qualquer momento aqui ou no site.
    • Aceitar e Salvar